São Lucas, Evangelista

18 Outubro 2023

Nosso Senhor cumulou a alma de São Lucas de graças muito especiais para ser companheiro de São Paulo, redactor de um dos Evangelhos e autor dos Actos dos Apóstolos.
Imaginem-se as qualidades morais que deveria ter um homem para que São Paulo o escolhesse como seu companheiro de viagem! Só podia ser alguém que, de modo eminente, conseguisse desdobrar as actividades apostólicas de São Paulo e figurar ao lado dele como discípulo por excelência.
Que dons deveria ter esse homem para compreender tão bem a vida de Nosso Senhor, a ponto de compilar todos os episódios da vida d’Ele e escrevê-los como ele os narrou no Evangelho!
E que dotes não teria para merecer a glória e a honra de ser o único a escrever um livro inspirado e histórico a respeito do começo da vida da Igreja!
Podemos avaliar quão excelsos seriam esses dons, considerando que as qualidades do efeito estão na sua causa e que o autor de um livro sempre vale mais do que a sua obra.
Sendo o Divino Paráclito o autêntico Autor desses livros sagrados, isso leva a concluir que São Lucas era verdadeiramente um habitáculo do Espírito Santo.
Um escrito do século II, considerado autêntico e fidedigno por estudos recentes, sintetiza do seguinte modo o perfil deste grande Evangelista:

«Lucas, um sírio de Antioquia, médico de profissão, discípulo dos apóstolos, mais tarde seguiu São Paulo até à confissão [martírio] deste. Serviu irrepreensivelmente ao Senhor, jamais tomou mulher, nem teve filhos. Morreu ao 84 anos, na Boécia, cheio do Espírito Santo».
Lucas conhecia os Evangelhos de São Mateus e de São Marcos quando começou a escrever o seu, antes do ano 70. Achava que ao primeiro faltava certa ordem no desenvolvimento dos factos e considerava o segundo demasiadamente conciso.
Como diligente estudioso, Lucas documentou escrupulosamente os episódios da vida de Jesus, querendo novamente narrá-la «desde o início»,  de forma ordenada, para que os factos e ensinamentos fossem descritos pari passu com a realidade.
São Lucas também deu prova da sua agradável e fluente narrativa na redacção dos Actos dos Apóstolos.
Este grande Evangelista faleceu na Grécia, no ano 84, e a sua festa litúrgica celebra-se a 18 de Outubro. É o santo padroeira dos artistas e dos médicos, encontrando-se as suas relíquias guardadas em três cidades que se ufanam de as possuir: Constantinopla, Pádua e Veneza.

Luís de Magalhães Taveiro

IPEC - Telegram

Ultimos artigos

AUTÊNTICO SENTIDO DA GRANDEZA LUSA

AUTÊNTICO SENTIDO DA GRANDEZA LUSA

Vale a pena reler e reflectir sobre o manifesto do Centro Cultural Reconquista em defesa do Ultramar Português, publicado apenas dois meses antes do nefasto golpe de 25 de Abril de 1974. Precisamente há 50 anos…

Biblioteca

O Regicídio de 1908
O Regicídio de 1908

Este livro é obra do Professor catedrático de Coimbra, Doutor Aníbal Pinto de Castro, tendo forte conteúdo  evocativo e rara beleza literária....

Share This