Peregrinação a Covadonga

5 Junho 2023

Peregrinação de Nossa Senhora da Cristandade (Covadonga): 22 a 24 de Julho de 2023. Inscrições abertas até 30 de Junho.

Com início em 2021, a «Peregrinação de Nossa Senhora da Cristandade» está agora na sua 3ª edição e consiste numa caminhada de 3 dias até ao Santuário de Nossa Senhora de Covadonga (Astúrias, Espanha), onde teve origem a Reconquista Cristã da Península Ibérica. É organizada por um grupo de fiéis católicos devotos da celebração da Santa Missa na forma tradicional do Rito Romano e realiza-se em data próxima à festa do Apóstolo São Tiago (25 de Julho), padroeiro da Espanha.

A Peregrinação a Covadonga contará também este ano com a presença portuguesa, representada pelo «Capítulo Nossa Senhora de Fátima».

O principal objectivo da peregrinação consiste em dar graças pela Reconquista Cristã e alcançar a santificação, oferecendo a Nosso Senhor, por intercessão da Santíssima Virgem Maria, as orações, sacrifícios e mortificações dos três dias de caminhada. São 95 Km, com partida de Oviedo a 22 de Julho e chegada a 24.

A peregrinação será acompanhada por sacerdotes e seminaristas de várias nacionalidades (incluindo portugueses), com celebração diária da Santa Missa na forma tradicional do Rito Romano (Liturgia de São Pio V).

A primeira peregrinação a Covadonga, organizada por «Nuestra Señora de la Cristiandad» contou com a participação de aproximadamente 500 pessoas, na sua maioria jovens, vindos de vários países da Europa e das Américas.

No segundo ano esse número aumentou exponencialmente, passando quase para 2000 peregrinos, com uma média de idades nos 18 anos.


Inscreva-se e vá conhecer o lugar onde começou a Reconquista Cristã da Península Ibérica. Participe porque esta peregrinação vai ser um marco inesquecível na sua vida.

Para conhecer melhor o contexto e o ambiente em que se desenvolve a peregrinação, veja mais imagens e informações no respectivo site: Nuestra Señora de la Cristiandad.

As inscrições estão abertas até 30 de Junho e podem ser feitas no Site da Organização ou por contacto com Diogo Lopes (Chefe do Capítulo Português): portugal.nscristiandad@gmail.com

IPEC - Telegram

Ultimos artigos

25 de Abril, 50 anos depois: Meio século de ataques à Família e à Ordem Cristã

25 de Abril, 50 anos depois: Meio século de ataques à Família e à Ordem Cristã

A «liberdade» e a «democracia», tão proclamadas no 25 de Abril de 1974, foram rapidamente engolidas pelas forças da esquerda. O «contra-golpe» do 25 de Novembro impediu que o Partido Comunista tomasse conta do Poder, mas não foi senão um recuo estratégico da Revolução para entregar os destinos do País ao socialismo e aos seus aliados da social-democracia. Portugal entrou então em lenta agonia e a Família — célula mater de toda a sociedade — foi a mas atacada de todas as instituições, conforme descreve este Manifesto.

Biblioteca

O Regicídio de 1908
O Regicídio de 1908

Este livro é obra do Professor catedrático de Coimbra, Doutor Aníbal Pinto de Castro, tendo forte conteúdo  evocativo e rara beleza literária....

Share This