Oração pelo «Sínodo sobre a Sinodalidade» de 2023

29 Setembro 2023

O «Sínodo sobre a sinodalidade», que decorrerá em Roma, de 4 a 29 de Outubro, levanta graves preocupações sobre o futuro da Igreja Católica que está em risco de ser ali submetida a uma «redifinição», de acordo com uma ideologia contemporânea que nega o que a Igreja sempre ensinou e praticou. Para que Nosso Senhor não permita que mais este padecimento recaia sobre Ele e sobre a Sua Esposa Mística, recomendamos aos nossos leitores esta prece do Revmo. Bispo D. Athanasius Schneider (Foto: CBCPNews).

Senhor Jesus Cristo, nosso Deus e Salvador, Vós sois a Cabeça da Igreja, Vossa Esposa Imaculada e Vosso Corpo Místico. Olhai com misericórdia para a profunda aflição a que foi submetida a nossa santa Madre Igreja. A confusão doutrinária, a abominação moral e os abusos litúrgicos atingiram um inaudito auge nos nossos dias. «Os pagãos entraram na Vossa herança, profanaram o Vosso santo templo e deixaram Jerusalém em ruínas» (Sl 79:1). Clérigos que perderam a verdadeira fé e se tornaram promotores de uma agenda globalista mundial tentam mudar as Vossas verdades e os Vossos mandamentos, a constituição divina da Igreja e a tradição apostólica.

Ó Senhor, com espírito humilde e coração contrito, Vos nós imploramos, impedi que os inimigos da Igreja se regozijem numa vitória sobre a autêntica Igreja Católica através da imposição de uma igreja falsificada, disfarçada de «sinodalidade». Despertai o Vosso poder, ó Senhor, e vinde em auxílio da Vossa Igreja com a Vossa força omnipotente. Porque onde abundam o pecado e a apostasia na Igreja, a vitória da Vossa graça abundará mais.

Cremos firmemente que as portas do inferno não prevalecerão contra a Vossa Igreja. Nesta hora em que a nossa amada e Santa Madre Igreja sofre o seu Gólgota, prometemos permanecer com Ela. Aceitai benignamente os nossos sofrimentos interiores e exteriores, que humildemente oferecemos em união com o Coração Imaculado de Maria, Mãe da Igreja, como reparação pelos nossos próprios pecados e pelos pecados de sacrilégio e apostasia dentro da Igreja.

Ó, Senhor, enviai os Vossos Santos Anjos, guiados por São Miguel Arcanjo, para trazer a luz celestial ao Papa e aos participantes do Sínodo, e para frustrar os planos dos Vossos inimigos dentro da assembleia sinodal. Ó Senhor, olhai com misericórdia para os pequeninos da Igreja, olhai para as almas escondidas que se sacrificam pela Igreja, olhai para todas as lágrimas, suspiros e súplicas dos verdadeiros filhos da Igreja, e pelos méritos do Imaculado Coração de Vossa Santíssima Mãe, levantai-Vos, ó Senhor, e pela Vossa intervenção concedei à Vossa Igreja santos pastores que, imitando o Vosso exemplo,  dão  a vida por Vós e por Vossas ovelhas. Ó, Senhor, nós Vos imploramos: através da Bem-Aventurada Virgem Maria, concedei-nos um Papa santo, zeloso na promoção e defesa da fé católica, nós Vos imploramos, concedei-nos! Pela Bem-Aventurada Virgem Maria, concedei-nos bispos santos e destemidos, nós Vos imploramos, concedei-nos! Através da Bem-Aventurada Virgem Maria, concedei-nos santos sacerdotes, que são homens de Deus, nós Vos imploramos, concedei-o! Em Vós, ó Senhor, esperamos não ser confundidos eternamente. A Vós, Senhor Jesus Cristo, seja dada toda a honra e glória na Vossa Santa Igreja. Vós viveis e reinais com o Pai na unidade do Espírito Santo, Deus, pelos séculos dos séculos. Amen.

+ Athanasius Schneider
(Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Maria Santíssima em Astana, Cazaquistão, e secretário-geral da Conferência dos Bispos católicos do Cazaquistão)

29 de Setembro de 2023

[Festa dos Santos Arcanjos São Miguel, São Gabriel e São Rafael]

«O caminho sinodal, uma caixa de Pandora»

«Dizem-nos que a Igreja que professamos como sendo Una, Santa, Católica e Apostólica, em comunhão com os nossos antepassados na fé desde o tempo dos Apóstolos, será agora redefinida pela sinodalidade – um termo sem antecedentes na doutrina da Igreja, e para o qual não há definição razoável. A sinodalidade e o seu adjectivo [sinodal] tornaram-se slogans por meio dos quais uma revolução está em curso, para mudar radicalmente a compreensão que a Igreja tem de si, de acordo com uma ideologia contemporânea que nega muito do que a Igreja sempre ensinou e praticou.» (Prefácio do Cardeal Raymond Burke para este livro da autoria de Julio Loredo e José António Ureta.

IPEC - Telegram

Ultimos artigos

25 de Abril, 50 anos depois: Meio século de ataques à Família e à Ordem Cristã

25 de Abril, 50 anos depois: Meio século de ataques à Família e à Ordem Cristã

A «liberdade» e a «democracia», tão proclamadas no 25 de Abril de 1974, foram rapidamente engolidas pelas forças da esquerda. O «contra-golpe» do 25 de Novembro impediu que o Partido Comunista tomasse conta do Poder, mas não foi senão um recuo estratégico da Revolução para entregar os destinos do País ao socialismo e aos seus aliados da social-democracia. Portugal entrou então em lenta agonia e a Família — célula mater de toda a sociedade — foi a mas atacada de todas as instituições, conforme descreve este Manifesto.

Biblioteca

O Regicídio de 1908
O Regicídio de 1908

Este livro é obra do Professor catedrático de Coimbra, Doutor Aníbal Pinto de Castro, tendo forte conteúdo  evocativo e rara beleza literária....

Share This