O Príncipe D. Luiz de Orléans e Bragança na Primeira Guerra Mundial

14 Abril 2021


Recentemente publicado pelo Prof. Doutor Armando Alexandre dos Santos, esta obra narra o envolvimento que teve na Primeira Guerra Mundial o Príncipe Dom Luiz de Orléans e Bragança (1878-1920), filho da Princesa Imperial Isabel de Bragança e do Príncipe Gastão de Orléans, Conde d´Eu.

Esta notável figura da Família Imperial do Brasil passou para a História com o epíteto de «Príncipe Perfeito», tal foi o brilho com que honrou as suas responsabilidades de Herdeiro do Trono, no duro exílio a que foi sujeito pelo golpe que em 1889 instaurou a república naquele país.

Sacrificando gravemente a sua saúde nas trincheiras da Primeira Grande Guerra, ao serviço do Exército Britânico, nunca deixou de se dedicar com fervor à causa da restauração monárquica no Brasil.

Foi um respeitado intelectual, autor de livros premiados,  e homem muito estimado e admirado pelo seu cavalheirismo e amor à sua terra natal.

«Homem como poucos, príncipe como nenhum», assim se referiu a ele o Rei Alberto II da Bélgica.

O documento que aqui disponibilizamos é uma resenha do Coronel Carlos Roberto Carvalho Daróz, publicada na «Revista do Insituto de Geografia e História Militar do Brasil». Complementamos também com uma entrevista concedida pelo Autor à revista «Herdeiros do Porvir», da associação brasileira «Pró Monarquia».

IPEC - Telegram

Ultimos artigos

25 de Abril, 50 anos depois: Meio século de ataques à Família e à Ordem Cristã

25 de Abril, 50 anos depois: Meio século de ataques à Família e à Ordem Cristã

A «liberdade» e a «democracia», tão proclamadas no 25 de Abril de 1974, foram rapidamente engolidas pelas forças da esquerda. O «contra-golpe» do 25 de Novembro impediu que o Partido Comunista tomasse conta do Poder, mas não foi senão um recuo estratégico da Revolução para entregar os destinos do País ao socialismo e aos seus aliados da social-democracia. Portugal entrou então em lenta agonia e a Família — célula mater de toda a sociedade — foi a mas atacada de todas as instituições, conforme descreve este Manifesto.

Biblioteca

O Regicídio de 1908
O Regicídio de 1908

Este livro é obra do Professor catedrático de Coimbra, Doutor Aníbal Pinto de Castro, tendo forte conteúdo  evocativo e rara beleza literária....

Share This