Ensaio sobre a Corrupção

26 Novembro 2020 | Biblioteca

No prefácio desta obra, afirma o Dr. Carlos Moreno, juiz conselheiro do Tribunal de Contas, que este trabalho se «torna um livro de leitura obrigatória» sobre «esta verdadeira chaga social da democracia», que é a corrupção. «Um aguilhão espetado no cerne dos Estados modernos e democráticos».
 
O panorama descrito de modo objectivo e rigoroso, pelo Eng. Alberto Ramalho Fontes, a respeito do problema da corrupção, faz-nos meditar sobre as causas mais profundas da crise contemporânea e são por isso de uma enorme utilidade para quem se preocupa em encontrar soluções para os problemas da hora presente.
 
A 5 de Agosto de 2009, o papa Bento XVI defendeu a «necessidade de um testemunho luminoso e coerente dos cristãos» perante «o relativismo que toca os valores fundamentais»“ e «marginaliza progressivamente a religião da esfera pública». O papa chegou a falar de uma «ditadura do relativismo que mortifica a razão», dizendo ainda: «se na época da França pós-revolucionária se experimentou uma espécie de ditadura do racionalismo, agora há em muitos ambientes uma espécie de ditadura do relativismo. Ambas aparecem como respostas inapropriadas às justas perguntas do homem de usar a razão como elemento distintivo e constitutivo da sua própria identidade» (Alocução de 5 de Agosto de 2009).
 
É este um fundo de quadro importante a reter no momento de apreciar o luminoso trabalho, a respeito do gravíssimo problema da corrupção, com que nos brindou o Eng. Alberto Ramalho Fontes.

Autor: Alberto Ramalho Fontes
Onde comprar: Editora Caminhos Romanos

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ultimos artigos

Share This